Primeiramente minhas boas-vindas ao primeiro post deste blog. Ele foi criado para falar sobre as novidades e acontecimentos relativos à mais completa experiência que já criamos aqui na Academia do Psicólogo: A Imersão em Empreendedorismo e Comunicação para Psicólogos.

Mas porque, afinal, esta bendita desta imersão agora? Eu, Bruno, já faço este trabalho com psicólogos há 5 anos, através de vários formatos: livro, curso online, palestras, serviço por assinatura.

Pra quê isso, a uma altura destas?

Pra evoluir. Pra aprofundar. Pra construir uma experiência mais humana.

Te falar a verdade, eu não sou muito saudosista e curto demais o mundo “online”. Mas eu preciso reconhecer que determinadas mudanças e transformações ainda acontecem melhor no corpo a corpo, no presencial, no sentir.

E esta é a tônica principal desta Imersão: sentir.

Sim, nós vamos trabalhar muita coisa técnica: nicho, mercado, segmentação, redes sociais, criação de serviços, tudo isso está no pacote; mas nós vamos além. Questões como segurança, autoconfiança, ética, coragem de se expor e temas mais, digamos “humanizados”, serão fortemente trabalhados.

Uma percepção que tive ao longo destes 5 anos, e que surpreendeu bastante, é que embora a falta de conhecimento empreendedor seja um enorme problema dos psicólogos que buscam trabalhar de forma independente, isso está longe de ser o maior problema.

O maior problema é medo. Uma mistura de insegurança com vergonha e mentalidade tacanha que faz estes profissionais ficarem reticentes na hora de “se mostrarem ao mundo”.

Mas isso não é culpa deles. Isso vêm de uma formação que desconsidera completamente o lado “operacional” da profissão e ainda constrói uma mentalidade de receio, pregando inclusive que psicologia não é uma  profissão como outras, em que se pode ganhar dinheiro pra viver.

Como resultado, o sujeito se gradua entendendo sobre teorias, abordagens e conceitos da psicologia, mas fica completamente perdido na hora de realmente começar a trabalhar, tanto do ponto de vista prático quanto emocional.

Do ponto de vista prático, na Imersão vamos trabalhar, por exemplo, os seguintes aspectos:

·    Por onde começar? (literalmente)

·    Monto logo um consultório ou subloco?

·    Já tenho um consultório, mas não tá simples, o que faço?

·    Atendo todo mundo? Escolho algum segmento?

·    Como me comunico com o público?

·    Como divulgo meu trabalho mantendo a ética?

·    Redes sociais: uso ou não? E como?

·    Só trabalho com psicoterapia, como posso diversificar?

·    Se eu quiser fazer uma palestra, por onde começo? Quanto cobro?

·     Até onde, afinal, posso ir em busca de possíveis clientes?

Estas e outras (muitas outras) questões serão trabalhadas de forma intensa nas 3 etapas da imersão. Todo o trabalho é baseado no meu livro “Psicólogo Empreendedor” que hoje já é utilizado como referência por alunos e até alguns professores de psicologia.

Só pra você ter uma ideia ainda mais clara, ainda dentro da parte técnica da proposta, o trabalho será desenvolvido em 4 módulos principais. Veja aqui um pouco de cada um deles:

Módulo 1 – Posicionamento de Mercado

Aqui vamos direto ao ponto. De cara você vai entender o conceito de posicionamento de mercado e como ele se aplica à realidade de um psicólogo. É aqui que você vai aprender a identificar o nicho, que é o segmento específico do mercado a ser atendido. Vai aprender também a construir o que eu chamo de “proposta de valor”, e a evidenciar claramente para as pessoas os reais benefícios de seu trabalho, sem fazer quaisquer promessas ou ser taxativo sobre resultados.

Módulo 2 – Estabelecendo as bases de sua atuação

Depois de escolher seu nicho e ter sua proposta de valor muito clara, é hora de começar a se preparar para conseguir estruturar seus produtos e serviços e também para ter mais segurança na hora de se apresentar ao mercado. Neste segundo módulo vamos falar sobre como se tornar mais competente em seu nicho de atuação, e refletir sobre o papel da autoconfiança nesta jornada. É aqui que você começa a construir as bases,a fundação do que virá pela frente.

Módulo 3 – Construção e diversificação de serviços

Muita gente, incluindo os psicólogos, acredita que psicologia é sinônimo de psicoterapia, e não é. Existem diversos serviços e produtos que um psicólogo pode criar com seu conhecimento para ajudar as pessoas de seu público alvo. E estes produtos, além de aumentarem a credibilidade do profissional, ajudam muitas pessoas que não poderiam comprar a psicoterapia. Aqui você vai aprender a decompor seu conhecimento em experiências variadas, e a organizá-las em um sistema lógico que permite a todos se beneficiarem de seu trabalho.

Módulo 4 – Construindo credibilidade e atraindo clientes

O auge de tudo: depois que você aprender sobre como definir seu nicho, tornar-se mais seguro e competente, e criar seus produtos e serviços, é hora de nos aprofundarmos em algumas estratégias essenciais para que você possa atrair pessoas interessadas em seu trabalho de forma ética.

Aqui vamos conhecer o que os melhores profissionais de serviços do mundo fazem para atrair e manter seus clientes/pacientes, sempre respeitando o código de ética da profissão.

Enfim, comecei este post dando ênfase ao lado “emocional” do trabalho e acabou que falei mesmo foi da parte técnica, não é?

Pois bem, falo da parte emocional na parte 2 do artigo, porque este já está começando a ficar grande demais.

Te espero lá.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Bruno Soalheiro
Bruno Soalheiro

Bruno Soalheiro é psicólogo, pós graduando (MBA) em inteligência Competitiva e Inovação e Marketing, fundador da Academia do Psicólogo e autor do livro “Psicólogo Empreendedor, tudo o que você não aprendeu na faculdade”, usado como referência em cursos de psicologia no Brasil.



Imersão exclusivamente voltada para a realidade dos psicólogos.

Tel / Whats: 11 98125-2462

suporte@academiadopsicologo.com.br




© 2021 Academia do Psicólogo. Todos os direitos reservados. Uma Formação da Academia do Psicólogo